SIGAM ESTE BLOG

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Utilizando Excel para a elaboração de Relatórios Financeiros

Utilizando Excel para a elaboração de Relatórios Financeiros

O Excel é uma tremenda ferramenta e permite diferentes relatórios, gráficos e base de dados. No entanto, mesmo após utilizarem a ferramenta por anos, usam apenas os recursos básicos.
Vou comentar, dentre muitas, apenas algumas oportunidades de melhorias nas planilhas em excel, sem contudo entrar em ferramentas mais avançadas como macros programados e programação em Visual Basic.

Inclusão de Dados nas Planilhas

Muitos perdem tempo imputando dados que podem ser importados. Hoje em dia a maioria dos sistemas permite importação dados. Por outro lado, os sistemas devem ser pensados e parametrizados visando atender as necessidades as necessidades dos relatórios gerenciais. Os dados dos relatórios gerenciais devem ser obtidos sem a necessidade de retrabalho. Sem contar que muitos relatórios podem ser obtidos diretamente dos sistemas. Outro importante recurso, diz respeito a montar um banco de dados interligado e alimentado pelo sistema integrado. Mas aqui, vou comentar exclusivamente alguns recursos que podem ser usados nos relatórios construidos em excel.

Considero essencial que os responsáveis por relatórios financeiros em excel dominem os seguintes funções e recursos. Todos esses recursos e funções podem ser explorados pela Internet, nos manuais e help on line. Já vi casos de funcionários que falam que não conhecem muito o excel porque a empresa nunca pagou um curso para eles. Não me considero especialista, mas sempre procurei ter na equipe conhecedores dessa ferramenta, e tenho noção do que a ferramenta pode fazer e nunca aceitei o uso medíocre desse e de outros software.

Pessoas colocam no Currículo que tem conhecimento de Excel avançado ou mesmo intermediário, sem terem noção nenhuma. Quando perguntamos sobre algum recurso dizem que sabem, quando pedimos exemplo e detalhes não sabem explicar.


Recursos e funções úteis em relatórios financeiros

Seguem apenas alguns exemplos entre muitos outros:

Menu

Planilhas ficam muito melhor organizadas quando apresentados com um menu. Então aprender a preparar um menu em Excel é fundamental;

Múltiplas planilhas interligadas

Campo de uma planilha pode ser interligada com outras. Para isso as pessoas precisam ter noção das atualizações, perdas de links, e outras particularidades. Às vezes ao enviar relatórios de planilhas linkadas é melhor copiar e colar valores, evitando assim que problemas de atualização.

Uma planilha pode acessar dados de outras através de alguns comando como PROCV e PROCH.  Para saber mais sobre esses comandos veja o link abaixo:

http://www.cavalcanteassociados.com.br/article.php?id=11

Tabelas dinâmicas bem elaboradas

Um dos piores tipos de planilhas é aquela onde se procura reproduzir o que seria o resultado de uma tabela dinâmica, mas usar tabela dinâmica. No caso, é feito um autêntico trabalho de datilografia computadorizada.

Algumas pessoas são grandes especialistas em tabelas dinâmicas. A consultoria desse tipo de especialista costuma cada centavo investido.

Mas independentemente da consultoria de especialista em Excel é fundamental que funcionários da área financeira e de outras áreas da empresa dominem como construir boa tabelas dinâmicas. Segue um link que poderá auxiliar

http://www.tecmundo.com.br/excel/1056-excel-aprenda-a-criar-tabelas-dinamicas.htm


Gráficos

As informações facilitam a análise e tomada de decisão quando apresentadas de forma correta. Mostrar informações de forma inteligente significa apresentar na forma de tabelas, de gráficos de evidenciar as informações mais importantes.

A Internet está repleta de boas informações dentre elas sobre como fazer gráficos. Passo abaixo um bom vídeo sobre como criar gráficos.

Efeito "Drill Down"

Relatórios financeiros enriquecem muito quando incorporam o efeito "Drill Down". Esse efeito pode fazer com uma informação seja vista fechada ou agrupada, como o caso de Vendas Líquidas. Ao clicar sobre essa informação fechada ela é expandida e podemos ver a Venda Líquida por produto, ou por outro tipo de detalhe.

Informações agrupadas e expandíveis nos relatórios financeiros

A visualização das informações de muitos relatórios financeiros, em Excel ou em outra ferramenta, é muito prejudicada por não serem agrupadas. Vou dar um exemplo: O grupo de salários e encargos tem muitas contas como: FGTS, Provisão para13.o salário, Provisão para Férias, etc. É melhor mostrar dois grupos, um para Salários e outro para Encargos, e se quiserem ver os detalhes pode-se obtê-los através do efeito "Dril Down" ou de outra forma.


Macros 

Os macros auxiliam e dão um perfil profissional aos relatórios financeiros. Os macros podem ser gravados e programados. Ter conhecimento e fazer uso de macros gravados eu considero como obrigação dos funcionários que cuidam dos sistemas de relatórios financeiros.


Para saber mais sobre macros gravados acesse o link abaixo:

http://office.microsoft.com/pt-pt/excel-help/criar-ou-eliminar-uma-macro-HP010014111.aspx

Comando DESLOC ou DESLOCAMENTO

Há alguns dias necessitei usar a função DESLOC ou DESLOCAMENTO no Excel. Essa é uma função super útil. No caso usei para somar o período acumulado referente aos meses encerrados numa determinada coluna que era fixa. Para saber mais sobre esse comando acesse http://excelmax.blogspot.com.br/2011/10/tabela-movel-com-funcao-desloc.html

Use a função SE ( If em Inglês )

A função SE é super útil pois ela evita o retorno de células estouradas por exemplo. Relatórios Financeiras com células estouradas demonstram desconhecimento por parte dos responsáveis pelos mesmos.

Segue um bom link sobre essa função:

http://www.tiespecialistas.com.br/2013/09/excel-voce-funcao-2/

Outras funções úteis

Passo um link com funções muito utilizadas

http://www.akuario.net/pdfs/efalog/lista_funcoes.pdf

Dashboard

Dashboard é uma nova forma de mostrar informações utilizando-se de uma interface gráfica do Excel. O resultado é um painel de indicadores, gráficos e dados com ótima qualidade e com efeito visual excelente.

Destaco uma apresentação a seguir que lhe dará maiores informações sobre dashboards:


Veja também:

Participe dos treinamentos e Palestras da Alpha Premium

Informações : alphapremium@alphapremiumconsultoria.com.br



Como memorizar um calendário em 10 minutos

Memorização é sobretudo técnica.

Certa ocasião vi um garoto fazendo demonstração na TV com datas. Eu prestei atenção e falei: eu vou fazer isso, me deem alguns minutos que memorizarei o calendário deste ano. Não deu outra voltei em 10 minutos e falei podem me falar qualquer data deste ano que eu digo em que dia da semana vai cair. Acertei todas as datas e as pessoas ficaram pasmas. 

Lógico que algumas pessoas acabam memorizando calendário de 100 ou mais anos, mas tudo é técnica. Que tal começar por 2017.

Na realidade qualquer um pode fazer. Basta um mínimo de memoria e treino. Vou mostrar como funciona. 


Para saber em que dia da semana cai qualquer data você só precisa memorizar esses 4 números:

411
      537
            526
                  416

Memorizando esses quatro números você estará a um passo de saber em qual dia da semana corresponde qualquer data.

Nessa sequência cada dígito corresponde a um mês.

411 - 4 de Janeiro  - 1 de Fevereiro - 1 de Março
537-  5 de Abril     -  3 de Maio -       7 de Junho
526 - 5 de Julho     -  2 de Agosto -    6 de Setembro
416 - 4 de Outubro - 1 de Novembro - 6 de Dezembro

Cada dia dos acima mencionados correspondem à primeira quarta feira do mês. Se acrescentar 7 a esses dias terá todas as quartas feiras dos meses. Pronto você poderá calcular qualquer data.

Vamos dar um exemplo: Que dia cairá o Natal de 2017?. Sabemos que em Dezembro todas as quartas feiras serão: 6, 13, 20 e 27. Se 27 será uma quarta, 26 será terça e 25 cairá numa segunda feira. Simples não? Comece calcular várias datas e em breve você ficará craque! Além disso, trata-se de excelente exercício para o cérebro.


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

IFRS 15 - Nova sistemática de reconhecimentos de Receitas.

Excelente análise da EY sobre mudanças impórtantes no reconhecimento das receitas da qual transcreve um breve resumo. Maiores detalhes veja:


O que é importante saber • A IFRS 15 cria uma fonte única de regras que tratam de receitas, para todas as entidades, em todos os setores. A nova norma para reconhecimento de receitas representa uma mudança significativa com relação às normas IFRS existentes. • A nova norma é aplicável a receitas de contratos com clientes e substitui todas as normas e interpretações do IFRS que tratam de receita, inclusive IAS 11 - Contratos de Construção (Construction Contracts), IAS 18 - Receita (Revenue), IFRIC 13 - Programas de Fidelização de Clientes (Customer Loyalty Programmes), IFRIC 15 - Contratos para Construção do Setor Imobiliário (Agreements for the Construction of Real Estate), IFRIC 18 - Recebimento em Transferência de Ativos de Clientes (Transfers of Assets from Customers) e SIC-31 - Receita – Transações de Permuta envolvendo Serviços de Publicidade (Revenue – Barter Transactions involving Advertising Services). No Brasil, quando o Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) emitir a norma equivalente à IFRS 15, serão substitudas as seguintes normas: CPC 30 - Receita, CPC 17 - Contratos de Construção, ICPC 02 – Conrtatos de Construção do Setor Imobiliário e ICPC 11 – Recebimento em Transferência de Ativos de Clientes.A IFRS 15 é baseada em princípios consistentes com as regras existentes aplicáveis a receitas, porém fornece mais orientações sobre sua aplicação. A falta de regras claramente definidas implicará a necessidade de maior julgamento. • A nova norma terá pouco efeito em algumas entidades, mas exigirá mudanças significativas em outras, especialmente naquelas para as quais as normas IFRS existentes fornecem pouca orientação sobre aplicação. • A IFRS 15 também especifica o tratamento contábil para determinados itens normalmente considerados como receitas – por exemplo, certos custos associados à obtenção e ao cumprimento de um contrato e à venda de certos ativos não financeiros.



Contra a Anistia do Caixa 2 #VemPraRua

A Anistia ao Caixa é um golpe que está sendo planejado por aqueles que querem se safar da Lei.

A aprovação seria um tapa na cara do povo. Não permitamos. Nesse quatro de Dezembro o povo mostre todo seu descontentamento.

Temer anunciou que vetará em caso de aprovação. Mas não devemos contar com essa possibilidade pois o congresso poderá derrubar o veto caso ocorra.

Outro golpe é a votação secreta. Se ocorrer não tenham dúvida muitos dos que se dizem contra irão votar a favor.


Blog Saúde Completa - Tudo sobre Saúde e Qualidade de Vida


Confiram abaixo as postagens mas acessadas nesta semana passada.

307
235
14 de set de 2016, 
219
10 de nov de 2015, 
187
186
140
56
48
46
3 de ago de 2016, 
38






Loja Virtual de Moda Fitness

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...