SIGAM ESTE BLOG

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Controle de Custos com Embalagens




Os custos de embalagem podem representar a parte mais significativa dos custos com materiais. Quanto menor a embalagem e quanto mais elaborada maior poe ser o gasto envolvido como proporção do custo total. 

Controlar custos com embalagens requer que se entre em detalhes específicos que as áreas contábeis normalmente não focam.

Existe também complexidades relacionadas ao controle de embalagens enviadas a terceiros que muitas vezes não são bem controladas.

Os custos de algumas embalagens irão variar muito dependendo do volume de compras. Materiais de pequeno valor no custo total podem ser comprados para um período maior do que aqueles materiais com alta participação nos custos totais.

Muitas vezes o menor custo unitário não é o melhor. Encontrei certa ocasião volumes comprados para mais de 2 anos de consumo. A empresa tinha como praxe comprar altíssimos volumes para diminuir custos.

Áreas de marketing costumam modificar as embalagens dos produtos, podendo ocorrer alguns descartes de materiais. Então, deve-se ficar atento aos volumes de estoques dos materiais de embalagem, uma avaliação sistemática dos estoques em valor e em dias é altamente recomendável, e poderá ajudar a evitar muitas perdas.

Em alguns casos embalagens são compradas com a validade estampada, é necessário muito cuidado para não se ter o consumo de embalagens inviabilizado por questão de data de vencimento próximo. Mas mesmo sem ter validade estampada muitas vezes embalagens são alteradas e volumes imensos são descartados, se transformando em custos perdidos. 

É importante ter amplo conhecimento dos custos com desenvolvimento de embalagens incluindo desenvolvimento de artes, custos com moldes, custos com clichês e outros dispositivos para impressão.

Custos elevados de moldes devem ser amortizados e incorporados aos custos das embalagens. Custos menores com desenvolvimento de artes e clicheria podem ser “despesados”.

Muito cuidado é requerido nas apropriações dos custos, é preciso observar as normas contábeis. O Brasil migrou para um novo padrão contábil que segue práticas da  norma IFRS, e existem importantes diferenças com relação às práticas atuais que devem ser consideradas.

Recomendo fortemente que os gestores dos sistemas de custos conheçam bem como as embalagens são agregadas aos produtos, isso inclui conhecer o processo de produção que muitas vezes oferece oportunidades de melhorias com automação, terceirização ou adoção de processos melhor estruturados com ganhos não somente nos custos das embalagens, mas também nos custos de processo e melhoria de qualidade.

Diversos produtos possuem alguns insumos principais onde se concentram boa parte do custo de embalagem. São casos de frascos de vidro ou plástico, tubos plásticos ou de alumínio, embalagens para aerosóis e outras.

Já presenciei mudanças básicas que trouxeram milhões em redução de custos. Um exemplo é a espessura da parede dos tubos plásticos ou de alumínio, a redução da espessura da parede de um tubo gerou enorme redução de custo.

Somos especialistas em redução de custos de embalagens. Associamos boas práticas de controle às melhores técnicas de engenharia de embalagens. Trabalhamos por taxa de sucesso e cobramos por projeto ( hora trabalhada ) ou por taxa de sucesso ( uma porcentagem sobre a economia gerada )

Contato: arilopes@alphapremiumconsultoria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loja Virtual de Moda Fitness

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...