Seja um Seguidor deste Blog

Me adicionem no Linkedin

sábado, 23 de novembro de 2019

Tópicos de Controladoria / parte 2

TÓPICOS DE CONTROLADORIA - PARTE 2





Responsabilidades do Controller

Masayuki ressalta que o Controller desempenha sua função de controle de maneira muito especial ao organizar e reportar dados relevantes exerce uma força ou influência que induz os gerentes a tomarem decisões lógicas consistentes com a missão e objetivos da empresa.

CAMPO COBERTO PELA CONTROLADORIA
O Campo coberto pela Controladoria e tão vasto que nenhuma definição breve pode dar uma ideia da real natureza da função da mesma.

OBRIGAÇÕES DO CONTROLLER

As obrigações do Controller podem variar de empresa para empresa de acordo com as atribuições que lhe são delegadas. 
O tamanho da empresa pode influenciar sobremaneira nas funções atribuídas ao Controller. 
Em empresa menores o Controller muitas vezes é responsável por área como auditoria e informática. 

Enquanto numa empresa o Controller pode responder pela área de Planejamento Tributário e Auditoria, em outra empresa tais áreas podem subordinarem-se diretamente ao Diretor Financeiro.

ESCOLAS DA CONTROLADORIA
Destacam-se basicamente duas escolas no que diz respeito às atribuições do Controller :

Escola Européia - o Controller é mais um elemento de staff responsável pelo arremate dos demonstrativos contábeis e relatórios de informação gerencial.
Escola Americana - O Controller é o principal responsável pela área contábil envolvendo Contabilidade, Custos e Orçamentos, Relatórios financeiros e as vezes Auditoria.

QUANDO NÃO A FUNÇÃO DE CONTROLLER

Em muitas empresas não há o executivo com o título de Controller, as responsabilidades inerentes a esse profissional são assumidas por outros, tais como Diretor Financeiro, Gerente Administrativo Financeiro, Contador, entre outros. Isso, contudo, não significa que nessas empresas inexistam as funções que normalmente são assumidas pela Controladoria, pois elas passam a ser executadas por outros executivos da empresa, sendo que por vezes até a alta direção é envolvida.

O CONTROLLER E OS TRABALHOS DE ROTINA

É comum encontrarmos trabalhos de rotina atribuídos ao Controller, que o torna envolvido com detalhes específicos ou rotinas operacionais que acabam removendo-o do que seria o seu papel principal de assessoramento e suporte à direção da empresa com relação a aspectos relativos a gestão de curto, médio e longo prazos.

A QUEM O CONTROLLER REPORTA?
Warren ressalta que em muitas empresas o Controller reporta-se a um Diretor Financeiro ou Vice-Presidente Financeiro dependendo do porte da empresa e, menciona que normalmente a equipe do Controller é formada por vários contadores gerenciais. Destaca ainda que por vezes, os Controllers de Fábrica (Plant Controllers), reportam-se ao Controller da empresa e ao Gerente da Fábrica, o que é chamado estrutura matricial

Missão da Empresa

A Missão é o "Objetivo ou propósito básico e permanente; está sempre ligada ao oferecimento de produtos e serviços para satisfação das necessidades do consumidor.
É necessário que a missão da empresa esteja clarificada para seu melhor desempenho, assim como que as crenças e valores dos principais executivos que compõem o sistema institucional da empresa sejam aceitos de modo geral por todos os que dela fazem parte."

Masayuki ressalta ainda que a Missão de uma empresa é a sua razão de ser e pode ser expressa em diversos níveis, vejam abaixo exemplos de Missões:

- Nosso negócio é serviço;
- Desejamos ser a melhor organização de serviços do mundo;
- Satisfação pública com nosso serviço.

Estudo complementar:
Do livro de Masayuki: estudar, resumir e comentar: Filosofia da empresa / Propósitos Básicos / Missão / Crenças e Valores e Objetivos das empresas.



Accountability

Segundo Masayuki, Accountability é a obrigação de se prestar contas dos resultados obtidos, em função das responsabilidades que decorrem de uma delegação de poder.

Se de um lado há sempre uma delegação de poder
(autoridade), e de outro, como contrapartida, a geração de responsabilidades, formando-se assim uma grande cadeia de Accountability
A Contabilidade mensura as transações efetivamente realizadas, compara-as com o que foi planejado e indica os níveis de eficiência e eficácia dos desempenhos de cada área operacional.

ESTRUTURAÇÃO DA CONTROLADORIA

A estruturação da área de Controladoria não se submete a um modelo padrão. Cada empresa estruturará essa área levando em conta:

- Características básicas inerentes à área

Deve-se estudar exaustivamente os controles que a área de Controladoria irá atender de forma a cobrir todas as obrigações normalmente aceitas como inerentes a essa área. São obrigações usuais que devem ser atendidas de forma similar nas diversas empresas independentemente do ramo.

- Características específicas inerentes ao ramo de negocio, particularidades do mercado e outras características próprias.

A estruturação da área requererá que se leve em conta as características próprias da empresa. Alguns pontos que são importantes para uma empresa já não o são para outra. 

Por exemplo: em um supermercado o controle dos estoques assume grande importância enquanto que em uma transportadora temos os custos de manutenção e operação da frota como elementos de destaque a serem controlados. 

Desta forma deve o Controller estar capacitado a avaliar as necessidades específicas de controle de cada empresa.

Questão: Procure identificar aspectos específicos a serem focados pela Controladoria em cada um dos ramos abaixo: 1
• INDUSTRIA QUÍMICA COM UTILIZAÇÃO DE TECNOLOGIA INTENSIVA • SUPERMERCADO • BANCO • TRANSPORTADORA • EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS NA ÁREA DE INFORMÁTICA • ESCOLA


Continua em https://blogdoprofessorari.blogspot.com/2019/11/topicos-de-controladoria-parte-3.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog