Seja um Seguidor deste Blog

Me adicionem no Linkedin

sábado, 10 de outubro de 2020

IRFS - Padrão mundial para Normas de Contabilidade

As normas IFRS hoje são adotadas em mais de 140 países e padroniza a Contabilidade praticada na maioria dos países.

Abaixo segue matéria do site IASPLUS com uma lista das normas emitidas.

Ao contrário do que muitos dizem, Existe um padrão mundial da Contabilidade representado pelas normas IAS / IRFS


Inicialmente o conjunto de normas eram designados como IAS, mas posteriormente passou a ser designado com IRFS, que significa INTERNATION FINANCE REPORT STANDARDS.


Significado de IFRS Contabilidade

Fonte: https://www.significados.com.br/ifrs-contabilidade/

O que é IFRS Contabilidade:

A sigla inglesa IFRS - International Financial Reporting Standards significa Normas Internacionais de Informação Financeira, na tradução para o Português.

IFRS são um conjunto de normas internacionais de contabilidade, emitidas e revisadas pelo IASB - International Accounting Standards Board (Conselho de Normas Internacionais de Contabilidade), que visam uniformizar os procedimentos contábeis e as políticas existentes entre os países, melhorando a estrutura conceitual e proporcionando a mesma interpretação das demonstrações financeiras.

Para que a análise dos relatórios financeiros sejam interpretados da mesma forma pelos seus usuários (os gestores, os investidores, os analistas e as instituições) é preciso que as características qualitativas como, clareza, confiabilidade, relevância, e o equilíbrio entre custo e benefício na preparação das demonstrações financeiras, tenham os mesmos critérios.

O Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) foi criado através da Resolução CFC nº 1.055/05 com o objetivo de emitir pronunciamentos técnicos visando a convergência da contabilidade brasileira aos padrões internacionais.

O site traz um bom texto falando sobre algumas datas cobrindo um bom histórico sobre o IAS a partir de 1973.

Fonte: encurtador.com.br/arCJQ

 Em 1973 organismos profissionais de contabilidade de 10 países, com o objetivo de formular e publicar de forma independente um novo padrão de normas contábeis, criaram o International Accounting Standards Committee (IASC). O IASC foi criado na forma de Fundação Independente Sem Fins Lucrativos com recursos próprios provenientes de contribuição de várias organizações internacionais. As normas publicadas por este órgão eram chamadas de International Accounting Standards (IAS) e apesar de terem sofrido várias alterações ao longo do tempo, diversas IAS ainda estão em vigência.

No dia 1 de abril de 2001 foi criado o International Accounting Standards Board (IASB) que assumiu as responsabilidades técnicas do IASC e transformou progressivamente as IAS em novos padrões internacionais. Atualmente, todos os pronunciamentos contábeis internacionais publicados pelo IASB são chamados de International Financial Reporting Standards (IFRS) . As IFRSs, que numa tradução aproximada significa Normas Internacionais de Relatório Financeiro, são conhecidas no meio contábil e financeiro brasileiro por Normas Internacionais de Contabilidade.

Em todo o mundo grande parte dos países já adota a IFRS, entretanto há vários graus de adoção. Fala-se que no Brasil a adoção é de 90% das normas internacionais, na China, por exemplo, esta adoção é bem menor. Geralmente as diferenças dos procedimentos locais para os internacionais são grandes e geram impacto fiscal e isso é um problema determinante para que os países não adotem a IFRS por completo.

No Brasil com a publicação da Lei 11.638/07 que realizou os primeiros ajustes necessários, alterando e revogando dispositivos da Lei 6.404/76 (Lei das S/A), deu-se início a implantação das normas internacionais. Por se tratarem de normas emitidas fora do ordenamento brasileiro e, portanto, para respeitar as relações do direito internacional e o direito interno, o Conselho Federal de Contabilidade através da Resolução nº 1.055/05 criou o Comitê de Pronunciamentos Contábeis como uma entidade autônoma com o objetivo de estudar, preparar e emitir Pronunciamentos Técnicos sobre procedimentos contábeis sempre convergindo a contabilidade brasileira às normas contábeis internacionais.

Na prática os pronunciamentos do Comitê têm a finalidade de validar os procedimentos internacionais no ordenamento jurídico brasileiro. Atualmente já são mais de 46 pronunciamentos do Comitê e mais 6 orientações que devem ser estudadas e respeitadas no exercício da função do contador em todas as empresas, sejam elas de grande, médio ou pequeno porte.






A conteúdo abaixo é uma tradução automática do excelente site IASPLUS

Fonte: https://www.iasplus.com/en/standards/ias

Normas Internacionais de Contabilidade

As Normas Internacionais de Contabilidade (IASs) foram emitidas pelo antecedente International Accounting Standards Council (IASC) e endossadas e alteradas pelo International Accounting Standards Board (IASB). O IASB também irá reeditar normas nesta série quando considerar apropriado.

#NomeEmitido
IAS 1Apresentação das Demonstrações Financeiras2007 *
IAS 2Os inventários2005 *
IAS 3Demonstrações financeiras consolidadas
substituídas em 1989 pela IAS 27 e IAS 28
1976
IAS 4Contabilidade de depreciação
retirada em 1999
IAS 5Informações a serem divulgadas nas demonstrações financeiras
substituídas pelo IAS 1 em vigor em 1º de julho de 1998
1976
IAS 6Respostas contábeis às mudanças de preços
substituídas pela IAS 15, que foi retirada em dezembro de 2003
IAS 7Demonstração dos Fluxos de Caixa1992
IAS 8Políticas contábeis, mudanças nas estimativas contábeis e erros2003
IAS 9Contabilidade para atividades de pesquisa e desenvolvimento
substituída pela IAS 38 em vigor em 1º de julho de 1999
IAS 10Eventos após o período de relatório2003
IAS 11Os contratos de construção
serão substituídos pelo IFRS 15 a partir de 1º de janeiro de 2017
1993
IAS 12Imposto de Renda1996 *
IAS 13Apresentação dos ativos e passivos circulantes
substituídos pela IAS 1 em vigor em 1º de julho de 1998
IAS 14Relatório de segmento
substituído pelo IFRS 8 a partir de 1º de janeiro de 2009
1997
IAS 15Informações que refletem os efeitos das mudanças de preços
retiradas de dezembro de 2003
2003
IAS 16Propriedade, planta e equipamento2003 *
IAS 17Locações2003 *
IAS 18A receita
será substituída pela IFRS 15 a partir de 1º de janeiro de 2017
1993 *
IAS 19Benefícios dos empregados (1998)
Substituído pelo IAS 19 (2011) a partir de 1º de janeiro de 2013
1998
IAS 19Benefícios a empregados (2011)2011 *
IAS 20Contabilização de subvenções governamentais e divulgação de assistência governamental1983
IAS 21Os efeitos das mudanças nas taxas de câmbio2003 *
IAS 22Combinações de negócios
substituídas pelo IFRS 3 em vigor em 31 de março de 2004
1998 *
IAS 23Custos de empréstimos2007 *
IAS 24Divulgações de partes relacionadas2009 *
IAS 25Contabilidade de investimentos
substituída pela IAS 39 e IAS 40 em vigor em 2001
IAS 26Contabilidade e relatórios por planos de benefícios de aposentadoria1987
IAS 27Demonstrações financeiras separadas (2011)2011
IAS 27Demonstrações financeiras consolidadas e separadas
substituídas por IFRS 10, IFRS 12 e IAS 27 (2011) em vigor em 1 de janeiro de 2013
2003
IAS 28Investimentos em Associados e Joint Ventures (2011)2011
IAS 28Investimentos em associados
substituídos pelo IAS 28 (2011) e IFRS 12 em vigor em 1 de janeiro de 2013
2003
IAS 29Relatórios financeiros em economias hiperinflacionárias1989
IAS 30Divulgações nas Demonstrações Financeiras de Bancos e Instituições Financeiras Similares
Substituídas pelo IFRS 7 em vigor em 1º de janeiro de 2007
1990
IAS 31Interesses em joint ventures
substituídos por IFRS 11 e IFRS 12 em vigor em 1º de janeiro de 2013
2003 *
IAS 32Instrumentos Financeiros: Apresentação2003 *
IAS 33Lucro por ação2003 *
IAS 34Relatório Financeiro Provisório1998
IAS 35Operações descontinuadas
substituídas pela IFRS 5 a partir de 1º de janeiro de 2005
1998
IAS 36Imparidade de ativos2004 *
IAS 37Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes1998
IAS 38Ativos intangíveis2004 *
IAS 39Instrumentos financeiros: reconhecimento e mensuração
substituídos pelo IFRS 9, onde o IFRS 9 é aplicado
2003 *
IAS 40Propriedade de Investimento2003 *
IAS 41Agricultura2001

Nota

A tabela acima lista a versão mais recente (ou versões se um pronunciamento ainda não foi substituído) de cada pronunciamento e a data em que as revisões foram originalmente emitidas. Quando um pronunciamento foi reemitido com o mesmo ou um nome diferente, a data indicada na tabela acima é a data em que o pronunciamento revisado foi reemitido (estes são indicados com um asterisco (*)). A maioria dos pronunciamentos também foi alterada por meio de projetos do IASB ou do Comitê de Interpretações do IFRS, para alterações decorrentes da emissão de outros pronunciamentos, do processo de melhorias anuais e outros fatores. Nossa página de cada pronunciamento traz um histórico completo do pronunciamento, seu desenvolvimento, alterações e outras informações. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário