Seja um Seguidor deste Blog

Me adicionem no Linkedin

domingo, 4 de agosto de 2019

Inventários Rotativos - Como implementar e gerenciar?

Inventários Rotativos são apenas válidos quando eles não se prestam corrigir deficiências dos controles e ajustar aquilo que deveria ser registrado no sistema de Movimentação dos Estoques mas não foi.


Outra condição é que o Inventário Rotativo não esteja na mão de quem é responsável pelo registro e controle dos estoques, ou seja, normalmente o pessoal do Almoxarifado ou área que coordena o Almoxarifado.

Os Inventários Rotativos são excelentes ferramentas principalmente quando eles atestam a alta acurácia e qualidade encontrada na Movimentação dos Estoques.

É importante definir regras sobre como deve funcionar o Inventário Rotativo e algumas delas eu recomendo abaixo:

- Dividir estoques em A, B, e C e assegurar que itens A tenham uma periodicidade de contagem mais frequente do B e C. Pelo menos contar os itens A de uma ou três vezes por trimestre. Contar itens B pelo menos uma vez por trimestre e os itens C pelo menos uma vez por semestre. Contagens mais frequentes podem ocorrer mas lembre-se que quando elas são muito necessárias há o risco de estarem se prestando a ajustar estoques mal controlados.

CUIDADO - NÃO DE À RAPOSA A CHAVE DO GALINHEIRO

Como responsável maior pelo Inventário Rotativo deve estar a área financeira, que deve ser a palavra final sobre o ajustes a serem feitos.

IMPORTANTE: Saber que os ajustes efetuados precisarão ter o tratamento fiscal adequado e normalmente é requerido que se estornem os créditos dos impostos dos produtos ajustados. É recomendável que os ajustes de estoques sejam o mínimo possível e estatisticamente em volume insignificante.

Inventários Rotativos são excelente para validar sistemas eficazes de controle, mas se quiserem adotar a metodologia para compensar controles ineficazes e medíocres é melhor não usar.

- Faça procedimentos claros e defina responsabilidades
Procedimentos pequenos e práticos devem assegurar que os Inventários Rotativos sejam feitos de forma eficaz. Nos procedimentos as normas de Cutt Off devem garantir que os inventários apenas sejam efetuados se não houverem movimentações pendentes a registrar.

- Estabeleça uma forma randônica de escolha de itens a inventariar, ou na impossibilidade que não seja o próprio responsável dos estoques quem defina o que vai ser contado.

Essa é uma forma de escolha de itens a inventariar que não tem como sofrer influencias e manipulações prévias. Não escolhendo essa alternativa é recomendável que seja a área financeira ou outra área isenta quem vá definir os itens a serem inventariados

Diferentemente do Inventário Geral,  quando o Inventário Rotativo é bem estruturado não há como fazer uma preparação previa, por isso, em empresas que utilizam essa ferramenta os estoques e controles precisam estar bem executados durante todo o tempo.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Curso Virtual de Controladoria Estratégica - Conteúdo por Ordem Alfabética

CONTEÚDO DO CURSO DE CONTROLADORIA ESTRATÉGICA 

Arquivo do blog