SIGAM ESTE BLOG

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

SABER OUVIR, virtudes necessárias ao lider




Nada pior do que você falar com uma pessoa e notar que ela não prestou atenção, e muitas vezes responde algo que não tem nada a ver com o que você está falando. Quem já não se sentiu um lixo ao começar a falar e ser cortado no meio da explanação, como se você não estivesse falando? Pois é, no mundo corporativo assim por toda parte isso acontece com frequência.

Na realidade muitos gestores contribuem para que o nível de atenção em suas reuniões, encontros ou mero bate papos, pois se estendem demais em suas explanações,  se tornando prolixos com muito tempo gasto para se explicar pouca coisa.

Nas empresas reuniões "sem fim" são ótimas formas para se manter um grupo disperso e desmotivado. É preciso programas as reuniões para que elas não se transformem elementos de descrédito e desmotivação entre os participantes. Na realidade o inverso deveria acontecer pois quando bem trabalhadas são excelentes formas de unir o grupo, definir responsabilidades e efetuar o follow up devido. 

Líderes têm ainda maior possibilidade de ignorar o outro, pois estão frequentemente focados em questões chave, estão sempre com projetos urgentes, avaliando KPI´s, definindo metas e estabelecendo prioridades. Todavia, líderes não devem esquecer que a verdadeira liderança requer que se valorize o próximo, que se trate, principalmente colaboradores, com atenção e respeito. Não prestar atenção no que dizem aqueles que te cercam é uma atitude egoísta, é um desrespeito, independentemente das questões que você está focando e das prioridades que te preocupam.


As pessoas precisam ser ouvidas, sentimentos e preocupações precisam ser compartilhadas, e nada pior do que um líder que não escuta, e por isso acabam criando um distanciamento de sua equipe.

Antigamente maus líderes permaneciam por décadas na mesma empresa. Hoje as ferramentas para medir clima, para avaliar líderes e dar feed back são amplas. Líderes que não se relacionam bem com seus subordinados, pares, colegas de trabalho e superiores estão sendo substituídos, caso não demonstrem evolução quando o problema é detectado.

Muitas empresas possuem um canal direto com suas áreas de RH ou área de comunicação corporativa, onde todos podem colocar situações incômodas sem precisarem se expor. Muitos líderes ficam em difícil situação ao terem suas atitudes questionadas.

Existe também uma ferramenta que se chama avaliação 360 graus, através da qual os líderes são avaliados pelos subordinados em uma das etapas desse processo. Recomendo que as empresas façam pelo menos a cada 2 anos uma avaliação 360 graus.

Hoje em empresas que são consideradas as melhores para se trabalhar, por vezes encontramos líderes que tiram um dia por semana, quinzena ou mês, para se dedicarem exclusivamente a ouvir seus colaboradores. Mas isso não substitui a boa comunicação no dia a dia. Em alguns casos, também encontramos situações em que o presidente, ou outros executivos de destaque, convidam colaboradores dos mais variados níveis para um almoço ou mesmo um café. Nessa ocasião podem ter uma conversa franca.

Seja qual for seu estilo de liderança, fique atento ao outro, não se esqueça de que é essencial mostrar respeito e atenção para com todos, mas principalmente para com os colaboradores.  Lembre-se que não pode haver comprometimento sem motivação, e a melhor forma de desmotivar pessoas é ignorá-las.



Palestras Alpha Premium



Um comentário:

Loja Virtual de Moda Fitness

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...