SIGAM ESTE BLOG

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Como elaborar um Fluxo de Caixa Projetado

Esta postagem não abordará o Fluxo de Caixa do Passado que é um Demonstrativo Financeiro que normalmente é efetuado a partir dos dados do Balanço e DRE.

Abordarei como elaborar um Fluxo de Caixa Projetado. O Fluxo de Caixa Projetado serve para administrar os recursos de caixa e para saber se manter no controle do caixa administrando as sobras ou faltas de Caixa.

SOBRAS DE CAIXA E INVESTIMENTOS
Ocorrendo sobra de caixa deve-se avaliar o período em que o recurso estará disponível que servirá de base para definir qual o destino que será dado ao mesmo. Empresas que possuem sobras de caixa devem procurar investir esses recursos de forma a obter as melhores taxas de juros, mas em paralelo deve minimizar eventuais riscos. Investimentos que pagavam altos juros e acabaram gerando enormes prejuízos ocorreram em muitas situações. Exemplos: fazenda Boi Gordo, Avestruz, etc. Por isso, as recomendação é que as empresas sejam conservadoras em seus investimentos, mesmo que para isso tenham investimentos menores.

FALTAS DE CAIXA
Ocorrendo falta de caixa o gestor financeiro deverá tomar providências para que o equilíbrio de ciaxa seja alcançado. No caso, empréstimos, acordos com credores, descontos de duplicatas são alternativas a serem consideradas.

GESTÃO E PLANEJAMENTO DO CAIXA
A Gestão de Caixa requer um acompanhamento muito detalhado sobre todas as entradas e saídas de caixa. Tal planejamento deve ser diário porém costumo recomendar que o mesmo seja sumarizado por semana, podendo ser aberto por dia mediante efeito "Drill Down".

VISÃO DA EVOLUÇÃO SEMANAL DO CAIXA


Fluxo de Caixa Integrado

O melhor controle de Fluxo de Caixa é aquele que integra as informações de um sistema integrado com outras informações com todas as informações necessárias ao Fluxo de Caixa de Planejado.

Ao tabular as entradas e saídas de caixa será necessário entrar com previsões das entradas e saidas que ainda não estiverem no sistema, por isso o ideal é que os sistemas integrados recebam tenham registrados dados reais e dados previstos.

Trabalhando com dados Reais e com dados Planejados.

Vejam que nesses modelo de Fluxo de Caixa os dados relativos às primeiras semanas serão baseados praticamente 100% em informações já disponíveis no sistema. `A medida que as semanas avançam informações previstas e estimadas precisam ser consideradas.

Outras atividades para a Gestão e Controle do Caixa

Avaliar integridade e nível de aprovação para todas as saídas de Caixa.
Somente pagar mediante atendimento de todas os procedimentos de Caixa
Nunca utilizar auto aprovação
Utilizar limites de alçada
Efetuar periodicamente auditorias de caixa
Avaliar índices de rotação de todas as contas que impactem no Working Capital.
Acompanhar execução dos projetos
Controlar todos os adiantamentos e fazer procedimentos serem sequidos
Controlar Contas Bancárias, Aplicações, Empréstimos com foco em otimização do custo do capital
Assegurar utilização eficiente dos sistemas integrados
Prevenir fraudes e problemas de controle interno






 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loja Virtual de Moda Fitness

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...