SIGAM ESTE BLOG

sábado, 25 de junho de 2016

Sites para Estagiários

As coisas estão difíceis para todas as categorias.
Para estagiários deixo abaixo vários links interessantes.
A sugestão é que entrem nos sites da empresas com boa localização, se é que dá escolher, e façam cadastros. Falar com professores e colegas também são possibilidades a serem consideradas.

Antes de ir para entrevistas procure entrar nos sites da empresas e conheça um pouco sobre a empresa onde você será entrevistado. Veja o tipo de empresa onde irá e traje-se e comporte-se de forma apropriada à cultura e estilo da empresa.

http://www.estagiarios.com/
http://novosempregos.com.br/category/vagas-de-estagio/
http://www.ciee.org.br/portal/index.asp
http://ligadonafacul.com.br/estagio/
https://www.ciadeestagios.com.br/
http://www.ciadetalentos.com.br/programas-de-estagio


Melhores Empresas para Trabalhar e Procurar Emprego


sexta-feira, 24 de junho de 2016

Reino Unido decide deixar União Europeia e premiê renuncia; mercados desabam



Premiê britânico, David Cameron, e esposa, Samantha, entrando em gabinente, em Londres.     24/06/2016         REUTERS/Stefan Wermuth
Fonte : REUTERS


Por Guy Faulconbridge e Kate Holton
LONDRES (Reuters) - O Reino Unido decidiu em um referendo deixar a União Europeia, levando o primeiro-ministro David Cameron a anunciar sua renúncia e aplicando o maior golpe ao projeto europeu de maior unidade desde a Segunda Guerra Mundial.
Os mercados financeiros globais desabavam nesta sexta-feira devido ao referendo, cujo resultado de 52 a 48 por cento a favor da saída do bloco no qual os britânicos ingressaram há mais de 40 anos contrariou as casas de apostas.
A libra chegou a cair 10 por cento ante o dólar, em níveis vistos pela última vez em 1985, por temores de que a decisão possa atingir investimentos na quinta maior economia do mundo, ameaçar o papel de Londres como capital financeira global e gerar meses de incertezas políticas. O euro caiu 3 por cento.
As ações mundiais perderam mais de 2 trilhões de dólares em valor, com índices por toda a Europa a caminho de suas maiores perdas em uma dia em toda a história. Os grandes bancos do Reino Unido perderam 100 bilhões de dólares em valor, com ações do Lloyds, do Barclays e do RBS chegando a cair 30 por cento.
O próprio Reino Unido pode ser desfeito, uma vez que a líder da Escócia --onde quase dois terços dos eleitores queriam a permanência na UE-- disse ser "muito provável" a realização de uma nova votação sobre a independência escocesa.
Cameron, que liderou a derrotada campanha pela permanência, disse, emocionado, que irá deixar o cargo de primeiro-ministro até outubro.
"O povo britânico deixou muito clara a decisão de tomar um caminho diferente e penso que o país necessita uma nova liderança para levá-lo nesta direção", disse Cameron, em discurso televisionado do lado de fora de seu gabinete oficial.
"Não penso que é certo ser o capitão que comandará nosso país para este próximo destino", acrescentou, antes de voltar para o gabinete ao lado de sua esposa, Samantha.
Sair da UE pode custar ao Reino Unido o acesso ao mercado único comercial do bloco e significa que os britânicos precisarão buscar novos acordos individuais com países do mundo todo. Uma pesquisa da Reuters junto a economistas previu que o Reino Unido poderá enfrentar uma recessão.
A UE, em si, também será econômica e politicamente afetada, enfrentando a saída de não só sua segunda maior economia, mas também um membro com poder de veto no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas.
O maior bloco comercial do mundo, que se levantou após duas guerras mundiais, o fascismo e o totalitarismo comunista para se tornar um continente de democracias prósperas, perderá cerca de um sexto de sua produção econômica.
"É um choque explosivo. Está em jogo a dissolução pura e simples da união", disse o primeiro-ministro francês, Manuel Valls. "Agora é a hora de inventar outra Europa."
"VITÓRIA DA LIBERDADE"
O resultado fortaleceu os contrários à União Europeia em outros países-membros do bloco, e levou os líderes da Frente Nacional francesa, Marine Le Pen, e da extrema direita holandesa, Geert Wilders, a cobrar por referendos sobre a desfiliação em seus países. Le Pen trocou a foto de seu perfil no Twitter por uma imagem da bandeira britânica, e declarou: "Vitória pela liberdade!".
O resultado vai levar a pelos menos dois anos de procedimentos burocráticos de separação com a UE, na primeira saída de qualquer Estado-membro. Cameron, no poder desde 2010, disse que estará a cargo de seu sucessor iniciar formalmente o processo de saída.
Seu rival interno no Partido Conservador Boris Johnson, ex-prefeito de Londres e que se tornou o rosto da campanha pela saída, pode se tornar o próximo premiê.
Johnson deixou sua casa em Londres sob vaias de uma multidão da capital de maioria pró-UE. Ele falou a repórteres na sede da campanha de saída, mas não respondeu perguntas sobre suas ambições pessoais.
"Podemos encontrar nossa voz no mundo de novo, uma voz que é proporcional com a quinta maior economia da Terra", afirmou.
Parlamentares do Partido Trabalhista, de oposição a Cameron, também apresentaram uma moção para derrubar o líder Jeremy Corbyn, que foi acusado por membros do próprio partido de não fazer o suficiente para defender a permanência na UE.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Senado aprova Lei das Estatais e mantém poucas mudanças feitas pela Câmara

Fonte: Agencia Senado


   
Paulo Sérgio Vasco | 21/06/2016, 20h38 - ATUALIZADO EM 21/06/2016, 21h20
2-Selo Agenda BrasilO Plenário aprovou nesta terça-feira (21) o substitutivo apresentado pela Câmara ao projeto de lei do Senado (PLS) 555/2015, que cria a Lei de Responsabilidade das Estatais. No entanto, o relator da proposta, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), acatou apenas três alterações feitas pelos deputados. O texto estabelece normas de governança corporativa e regras para compras, licitações e contratação de dirigentes realizadas por empresas públicas e sociedades de economia mista, como a Petrobras. A matéria irá à sanção presidencial.
As normas previstas no projeto serão aplicadas a toda e qualquer empresa pública e sociedade de economia mista da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, incluindo estatais que exploram atividade econômica, como o Banco do Brasil; as que prestam serviços públicos, como a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab); e as que exploram atividade econômica sujeita ao regime de monopólio da União, como a Casa da Moeda.
Em seu parecer, Tasso explicou que não poderia acatar todas as emendas apresentadas pela Câmara, por entender que muitas das alterações iriam contra os objetivos que nortearam o projeto, em especial a profissionalização da gestão das estatais. O relator acatou modificações que afastam a possibilidade de choque com a Lei das Sociedades Anônimas e também mudanças relativas aos critérios de escolha dos membros do Conselho de Administração das Estatais. Nesse quesito, Tasso Jereissati incluiu dispositivo que considera a experiência de profissional liberal no rol das exigências para investidura em cargo de gestão nas empresas.

Discussão

A aprovação do projeto foi saudada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, e outros parlamentares, segundo os quais a proposição contribuirá para combater a corrupção e casos de má gestão nas estatais, a exemplo do esquema que provocou prejuízos bilionários na Petrobras, investigados pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal.
Tanto o senador José Agripino (DEM-RN), como o líder do governo no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), destacaram que a aprovação do projeto foi defendida pelo presidente em exercício Michel Temer, que, a partir de agora, poderá contar com critérios mais objetivos de nomeação dos dirigentes das empresas públicas e sociedades de economia mista.
Já o senador Aécio Neves (PSDB-MG) chamou a atenção do Plenário para as modificações que estão sendo feitas no projeto que trata da composição dos quadros dos fundos de pensão, ora em tramitação na Câmara. Ele disse que alguns equívocos deverão ser corrigidos quando o Senado examinar a matéria, para que se promova a ocupação profissionalizada das estatais com indicações que levem em conta a meritocracia.
Já o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) criticou a inclusão do projeto na pauta desta terça-feira, e disse que gostaria de ter tido mais tempo para discutir a matéria.
- Protesto contra o atropelo. O projeto foi aperfeiçoado [na Câmara]. Não houve diálogo – afirmou.

O que prevê o projeto

O texto determina que as estatais deverão adotar práticas de governança e controles proporcionais à relevância, à materialidade e aos riscos do negócio. As empresas terão também que divulgar, anualmente, carta com os objetivos de políticas públicas, além de dados operacionais e financeiros que evidenciem os custos da atuação. O objetivo é gerar mais segurança jurídica e aumentar a atuação de órgãos de controle. O texto prevê ainda que as sociedades de economia mista emitam somente ações ordinárias, a fim de garantir a todos os acionistas o direito ao voto, o que não seria possível com ações preferenciais.
O projeto também fixa prazo de dez anos para que as sociedades de economia mista listadas na bolsa tenham pelo menos 25% de suas ações em circulação no mercado. O objetivo, segundo o relator, é garantir liquidez e facilitar a eleição de membro do conselho de administração pelos minoritários.

Licitações e Contratos

Na proposta, as licitações seguirão o previsto no Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC), que difere da Lei Federal de Licitações (8.666/93), permitindo a concorrência e a execução dos contratos de forma mais rápida. O texto prevê a possibilidade de um tipo de contratação em que a estatal elabora o projeto básico antes mesmo da licitação, a chamada contratação semi-integrada.
Os valores previstos para a dispensa de licitação são de R$ 100 mil para obras e serviços de engenharia, e de R$ 50 mil para outros serviços e compras e para alienações. Esses limites poderão ser alterados por deliberação do conselho de administração, podendo haver valores diferentes para cada estatal. O texto também revoga as leis que autorizam o presidente da República a editar decreto que trate de procedimento de licitação simplificado para a Petrobras e a Eletrobras. O decreto que disciplina o procedimento licitatório usado atualmente pela Petrobras (decreto 2.745/1998) já foi alvo de vários questionamentos do Tribunal de Contas da União (TCU).
Ainda de acordo com o projeto aprovado, devem ser implantados nas estatais uma área de compliance(conformidade) e riscos, diretamente vinculada ao diretor presidente, além de um comitê de auditoria estatutário. Essa área deve se reportar diretamente ao conselho de administração em situações em que se suspeite do envolvimento do diretor presidente em irregularidades

Administração e Publicidade

O projeto veda, para os conselhos de administração, a indicação de ministros, dirigentes de órgãos reguladores, secretários de estado e município, titulares de mandatos no Poder Legislativo e ocupantes de cargos superiores na administração pública que não sejam servidores concursados. A proibição se estende ainda a dirigentes de partidos políticos.
Os conselhos de administração terão, conforme as novas regras, de sete a 11 membros, com mandatos de até dois anos, permitidas três reconduções sucessivas. O prazo de gestão dos diretores será o mesmo dos integrantes do conselho. O projeto também enumera várias exigências para os indicados ao conselho de administração e diretorias, como experiência mínima profissional de dez anos na área de atuação da estatal. O objetivo é evitar indicações de pessoas sem qualificação que sigam apenas o critério político. Pelo menos 25% dos indicados ao conselho de administração também não poderão ter vínculo com a estatal, seja como empregados, fornecedores ou prestadores de serviço.
Sobre despesas com publicidade e patrocínio da empresa pública e sociedade de economia mista, o projeto determina que não poderão ultrapassar, em cada exercício, o limite de 0,5% da receita bruta do exercício anterior. Em ano de eleição, essas despesas deverão obedecer, ainda, ao limite da média dos três anos anteriores.
Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Controladoria - Pondo foco nos resultados -



Envolvimento do Controller na rotina do departamento


É comum encontrarmos trabalhos de rotina atribuídos ao Controller, que o torna envolvido com detalhes específicos ou rotinas operacionais, que acabam removendo-o do que seria o seu papel principal de assessoramento e suporte à direção da empresa com relação a aspectos relativos a gestão de curto, médio e longo prazos. Muitos são os profissionais centralizadores eles são tão envolvidos na rotina que não conseguem atuar de forma estratégica.

O Controller que se envolve demasiadamente em assuntos de rotina, chamando para si todas as decisões é um indicativo de que algo está errado. Normalmente esses perfis não formam sucessores e estão mais preocupados em manterem seus empregos do que em capacitar seus colaboradores.


A equipe do Controller deve ser formada por supervisores e / ou analistas com vasto conhecimento dos processos de suas áreas. Esses profisisonais devem ter autonomia e responsabilidade delegada para que as decisões não fiquem centralizadas com o Controller.

O Controller e a Ética

O Controller e seu staff desempenham um amplo papel com relação à orientação sobre aspectos éticos na empresa. Como exemplo de problema ético podemos citar, se o Controller segue continuamente às pressões da direção da empresa para modificar ainda que minimamente as demonstrações financeiras. Isso pode levar a mais e mais alterações. Outro exemplo pode ocorrer quando as normas relativas aos relatórios de despesas são frequentemente desacatadas, a não intervenção do Controller se configura em um grave problema de ética contábil.


Controladoria - Responsabilidades da função contábil

Este texto foi extraído do Ebook Papo de Controller.

São diversas as responsabilidades da função contábil. Importante é se ter em conta que a função contábil deve se atualizar e acompanhar as necessidades de seu tempo. Muitas funções importantes hoje no passado não existiam, isso faz com que profissionais não versáteis que não se atualizam fiquem despreparados, passando a ser fortes candidatos à substituição.

Anderson e Bragg (2004:4), separam as responsabilidades da função contábil em três grupos, a saber:

      Responsabilidades Tradicionais:
·         Processamento do Contas a Pagar
  • Processamento do Contas a Receber
  • Processamento das transações que envolvem Ativos
  • Processamento das transações que envolvem Débitos
      
Responsabilidades Novas
  • Transações com Permutas de bens ou serviços
  • Coordenação e consolidação da contabilidade das subsidiarias
  • Conversão de moedas
  • Análises de Margens
  • Análise de custos de não-produtos
  • Seleção, implementação, e operação de softwares contábeis e sistemas relacionados
  • Custos-Meta ( Target Costing )

Novas Responsabilidades em empresas pequenas

·         Instalação e manutenção de sistemas de serviços computadorizados
·         Transações com Hedge e cartas de crédito
·         Auditoria Interna

A função contábil tem incorporado uma série de responsabilidades que faz dela uma parte integrante da organização. O grupo contábil frequentemente se vê envolvido com decisões relevantes, e o Controller como líder desse grupo frequentemente é chamado a sentar no comitê executivo da empresa para opinar sobre temas como fluxo de caixa, aquisições, preços e outros tópicos relevantes.
Uma importante área na qual o papel da contabilidade vem mudando diz respeito aos processos. Quando uma outra área da empresa muda, ela sofre mudança em seu processo, imediatamente a área contábil deve adequar essa alteração no sistema de processamento das transações com o fim de evitar erros.

Exemplo:
Uma área de manufatura passa a utilizar Just in Time ou um departamento produtivo terceiriza uma linha de produção completa. Quando ocorrem mudanças significativas nos processos alguns controles precisam ser adequados, substituídos ou eliminados.


O desafio do grupo contábil consiste em deixar de ser um grupo introvertido que processa informações em papel ou virtuais para um grupo versátil que trabalhe com as diversas partes da empresa e que esteja disposto a modificar seus sistemas de forma a acomodar as necessidades dos outros departamentos conforme requerido atualmente no moderno ambiente onde os negócios ocorrem. 

Vamos nos conectar no Linkedin

Possuo cerca de 5000 contatos nos Linkedin e terei prazer em ser seu contato.

Para me adicionar segue o meu Link e Email

Nos encontramos lá

https://br.linkedin.com/in/ariovaldosilva

Email   arilopes@folha.com.br

Participem também do meu grupo no Linkedin Gestão, Ética e Liderança

https://www.linkedin.com/groups/4127573




Força de Vendas com alta velocidade e eficácia

Segue o link do meu Blog em Inglês com a minha última postagem



Sales Force with High Velocity and Effectiveness

Em breve colocarei a versão traduzida aqui.
Aproveitem e conheçam o Blog 

Brazil Business Consultants  < cliquem neste LINK

Mais uma ação para divulgação e aumento de network

Seja meu contato no Linkedin e Twitter






Decisão permite divisão de empresas para redução de carga tributária


Em decisão da nova composição do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF) se tem o parecer de que é lícito planejamento tributário que separa atividades de uma empresa em duas pessoas jurídicas distintas com o objetivo de reduzir a carga tributária. Esse é um posicionamento muito importante para as empresas, podendo gerar consideráveis economias tributárias. Na prática, a empresa poderá a partir de agora segregar sua atividade em mais de uma empresa com o intuito de diminuir a carga tributária incidente em toda operação.

Segundo o advogado tributário, Fabio Delgado, da DFLaw Advogados, a notícia é bastante positiva. “Com o desmembramento da atividade em duas ou mais empresas e a consequente segregação das receitas, o empresário poderá reduzir a complexidade da administração de uma empresa pelo lucro real, e passar a ter duas ou mais optantes pelo Simples Nacional, por exemplo”.

Ele explica que, como as empresas do Simples não recolhem o INSS patronal, calculado geralmente sobre a folha de salários pela alíquota de 20%, obterão a diminuição imediata da contribuição previdenciária, além da diminuição da alíquota dos demais tributos incidentes, “Isso sem contar em toda a simplificação na administração da empresa, que gerará grande economia”, complementa.

Contudo, o entendimento manifestado pelo CARF não se aplica automaticamente a todas as empresas, mas sinaliza segurança na realização do planejamento organizacional e operacional das empresas. Com isso, na prática, a decisão do CARF esclarece que o desmembramento de uma empresa em duas ou mais visando a racionalização das operações não é ato simulado, sendo assim lícito e não gerando riscos ao empresário.
Contudo, Fábio Delgado alerta para a necessidade de se tomar essa decisão de forma planejada, seguindo todas os procedimentos legais. “Desde que a empresa adote todos os cuidados para externar que a segregação da atividade em duas ou mais empresas visa simplificar a operação, tendo como efeito reflexo a economia tributária, a mesma poderá adotar a prática com segurança”.

Para saber se uma empresa poderá se beneficiar ou não desse benefício, o ideal é a procura de um escritório de advocacia especializado, que poderá elaborar todas as análises que possibilitarão uma decisão assertiva e sem riscos. Com certeza, essa se torna mais uma importante ferramenta de planejamento tributário para as empresas.
DSOP Educação Financeira

Avenida Paulista, 726 - cj. 1205 - 12º andar - Bela Vista/SP. Telefone: (11) 3177-7800


Produtividade e vendas em tempos de crise

Criar ambientes de varejo que provoquem aumento nas vendas por meio da experiência de compra e do retail design será um dos assuntos tratados pelo editor do site Falando de Varejo, Caio Camargo, no Congresso Brasileiro do Varejo. O ciclo de palestras ocorre em paralelo à Feira Brasileira do Varejo 2016, a Febravar, entre os dias 6 e 8 de julho, no Centro de Eventos do BarraShoppingSul. Camargo possui um dos mais importantes canais sobre varejo na internet, com mais de 100 mil visualizações por mês e dará dicas conceituais sobre layout de lojas, nichos de mercados e novas oportunidades. Além disso, vai provocar na plateia reflexões sobre produtividade e venda em tempos de crise. As inscrições podem ser feitas no site www.febravar.com.br até o dia 4 de julho, com o valor de 40 reais para associados ao Sindilojas Porto Alegre e de 90 reais para não associados. Estudantes e idosos (acima de 60 anos) têm 50% de desconto (não cumulativo) na inscrição.

A Febravar

A Feira Brasileira do Varejo, realizada pelo Sindilojas Porto Alegre, chega esse ano a sua 4ª edição. Consolidada como um dos principais eventos sobre varejo no País, a Febravar reúne em um único ambiente fornecedores e lojistas, proporcionando a interação e a formação de novos negócios e parcerias. Além disso, em paralelo à exposição, acontece o Congresso Brasileiro do Varejo, que aborda temas de importância para os lojistas, agregando conhecimentos e novas experiências aos empresários do setor.

Fonte: http://www.maxpressnet.com.br/Conteudo/1,846538,Produtividade_e_vendas_em_tempos_de_crise,846538,4.htm

Cinco ferramentas para impulsionar os seus negócios na crise


São Paulo, junho de 2016 - Com a crise, os pedidos de falência estão cada vez mais altos. Apenas de janeiro a março de 2016, o número cresceu 31,6% em relação ao ano passado. Com este cenário, a procura por softwares corporativos é uma das saídas para garantir a gestão qualitativa da empresa.
"Ferramentas de gestão ajudam a aperfeiçoar a qualidade dos processos em toda a cadeia de valor da organização. Os softwares fornecem a criação de estratégias e monitoramento de todos os departamentos na hora de implantar um novo plano de crescimento. Dessa forma, os empreendedores podem ficar mais focados nos resultados que essa gestão pode trazer", revela Cecília Queiroz, diretora da Acttive.
Abaixo, a executiva traz cinco módulos de gestão para fortalecer a empresa e melhorar a execução de tarefas cotidianas:

1. Gestão de riscos - Uma boa gestão deve saber identificar os riscos que cada decisão pode acarretar. Para isso, uma ferramenta focada nos riscos consegue analisar os diferentes cenários de ameaças ao planejamento traçado dentro da organização. Na hora de procurar por uma ferramenta de Gestão de Riscos, o executivo deve se atentar se a empresa atende as regras das normas ISO 31.000 e PMBO-K;

2. Gestão dos documentos e da qualidade - Com a ferramenta focada na gestão das informações, a organização consegue documentar e reter dados relevantes da empresa. O software com este foco possui Fluxo de Aprovação e Integridade dos ativos corporativos, que abrangem estratégias e processos das empresas. O módulo, por ser, paperless, reduz custos na conta final da corporação por prezar pela sustentabilidade, já que retira a necessidade de papel em documentos e registros;

3. Gestão de registros - A arquivologia é extremamente importante para o controle eficiente do ciclo de vida de todos os registros vinculados aos documentos, formulários, protocolos, etc. Esse tipo de ferramenta auxilia na gestão de qualquer formato de registro (digital ou digitalizado), trabalhando junto ao secretário executivo na gestão do conjunto de dados valiosos da empresa;

4. Gestão da auditoria - Ter uma solução para garantir a gestão dos processos de auditoria interna é essencial, pois facilita e automatiza as ações internas das organizações, além de averiguar se os andamentos estão de acordo com o planejamento estabelecido. A ferramenta integra áreas distintas e unifica relatórios, o que permite ao gestor um acompanhamento assertivo;

5. Gestão de Ocorrências - Uma ferramenta que possua a visão das ocorrências pode agregar valor na hora de tomar decisões, diagnosticar pontos de não conformidade dentro das empresas e, ainda, implementar ações para solucionar esses pontos que não estão de acordo ou que interferem no andamento dos negócios como um todo. Um módulo capaz de gerir os registros de ocorrência e obter relatórios detalhados de desempenho oferecem mais subsídios para o entendimento detalhado de cada processo.
Sobre a Acttive

A Acttive é uma empresa de tecnologia que nasceu inicialmente como braço fornecedor de software para o grupo Multidata, em 1998. Com tecnologia e desenvolvimento 100% nacionais, o software conquistou rapidamente o mercado graças às suas funcionalidades que possibilitam o aumento do controle, o alinhamento estratégico de todas as áreas, a análise e o monitoramento de processos e ações internos. Hoje, a empresa conta com sede em Goiânia e um escritório em São Paulo, com o objetivo de se tornar o principal player do segmento de softwares para gestão da qualidade e de processos.


Para saber mais sobre a Acttive, acesse www.acttive.com.br ou o blog www.acttive.com.br\blog.

Fonte: http://www.maxpressnet.com.br/Conteudo/1,846600,Cinco_ferramentas_para_impulsionar_os_seus_negocios_na_crise,846600,4.htm

Para Consultorias e Palestras enviem um email  arilopes@folha.com.br

ALPHA PREMIUM CONSULTORIA E TREINAMENTOS



Contatos - alphapremium@alphapremiumconsultoria.com.br

Vereadores recebem salário mínimo a partir de 2017 em cidade da Paraíba

Fonte: http://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2016/06/vereadores-recebem-salario-minimo-partir-de-2017-em-cidade-da-paraiba.html de 2/junho/2016


Vejam que excelente notícia mas somente terá validade se não roubarem. O vencimentos dos vereadores pode ser apenas uma pequena parcela quando computadas as propinas


Parlamentares de Água Branca, no Sertão, recebem atualmente R$ 2.700. 
Projeto foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal.


Vejam a notícia completa no site G1  {  clique aqui
.

Estilos de comando. O "Chefe" ou o "Líder"


PALESTRAS com o Professor Ari -  

Contrate a Palestra:Preparando Líderes para obter comprometimento dos funcionários e para entregarem resultados através de posturas corretas.
( uma palestra destruidora dos comportamentos negativos.  

Contato: arilopes@folha.com.br

 

 

Estilos de comando / Liderança e competência ou medo e obediência



A motivação dos colaboradores está altamente relacionada à capacidade de envolvimento e comando do líder. Existem basicamente dois tipos de comando:

- o primeiro é baseado no medo e obediência e dificilmente consegue motivar e obter comprometimento dos funcionários. O comando baseado na autoridade frequentemente lança mão de instrumentos como medo e intimidação. Infelizmente esse estilo de comando ainda impera. Chefes autoritários estão mais preocupados em se manterem nos seus postos do que em buscarem vôos mais altos. Uma avaliação eficiente dificilmente qualificaria esses profissionais para os cargos que ocupam. Esse tipo de chefe nunca forma sucessores, além disso, frequentemente procuram inibir iniciativas que mostrariam a eficiência dos seus comandados.

- o segundo estilo de comando é baseado liderança e competência, quando ocorre tende a proporcionar melhores ambientes e resultados em suas áreas. O comando baseado em liderança requer um ambiente de respeito, admiração e competência.

Um estilo de comando baseado na liderança e voltado ao desenvolvimento de seus funcionários é elemento chave para o sucesso das equipes de trabalho. Para o funcionário a empresa ideal é aquela onde uma saída de um gerente pode ser reposta mediante uma serie de promoções internas, resultando assim, na admissão de um estagiário ou auxiliar do menor nível, possibilitando uma ampla mobilidade na estrutura hierárquica da empresa.

Esse estilo de comando deve estar associado à meritocracia, que corresponde a propiciar um ambiente favorável para que o único fator determinante do progresso dos funcionários seja a competência e esforço próprio.

Empresas que vão buscar no mercado a maioria de seus gerentes e diretores, demonstram incapacidade para aproveitamento dos potenciais existentes, ou estruturas despreparadas que não formam sucessores. O ideal seria que pelos menos uma parcela dos gestores da empresa fossem desenvolvidos internamente, desta forma estilos de comando poderiam ser melhor monitorados e trabalhados.


 

getsitecontrol

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores

Palestras custos Controladoria liderança Consultoria Gestão marketing Contabilidade comportamento Livros linkedin ética Controller IFRS comunicação Normas Contábeis Plano de Negócios Material de Controladoria Palestra RH planejamento planejamento estratégico postura sistemas de custos vagas BSC CPC Crise Palestrante auditoria compliance facebook meio ambiente melhores práticas treinamento vendas Bain CRC Consultoria de Gestão ERP Ebook Emprego KPI Logística Mapa Estratégico codigo de ética consultor educação empregos estratégia funcionários lider processos proteção animal qualidade ABC Alpha Premium Ativos Fixos Balance Scored Card Bancos Brasil CFC CV CVM Comportamento Organizacional Controladoria de Negócios Controle interno Costs Custo ABC Demonstrativos Financeiros EMPRESAS Editora Saraiva Estagiários FASB FIFA Futebol Interim management Internet Kaizen Marcas e Produtos Missão Planning Qualitymark Redução de Custos SAP STF TCC Transfer Price Treinamentos Unidades de Negócio ações sociais best in class candidatos carreira contábil consultoria de custos consultoria financeira controle currículo definição de controladoria desempenho eficiência empreendedorismo estoques gerentes gestão estratégica headhunter inventários jovens profissionais lançamento lucro líder líderes motivação nível de serviço orkut presidente produtividade produto práticas contábeis recursos humanos redes sociais sistemas sustentabilidade talentos terceirização twitter valores 11.638/07 11638 4 P´s 5 "S" ACCOUNTING Acurácia Adiantamentos Administração AlphaPremium Amazônia Anvisa Apple Ari Lopes Artigos. Palestras Assédio Moral Avaliação 360 graus Ayres Brito BB BLOCO K Bahia Bain Company Balanced Score Card Balanced Scorecard Banco do Brasil Blog Blog do Professor Ari Blogger Blogs do Ari Boite Bradesco Brazil Bullying Escolar Business CAMBIO CEO CNJ CPC 30 CPC PME Capacidade Ociosa Capex Carnaval Censura Cestos Champy Change Management Ciência/Tecn. Consulting Consultor Financeiro Contabilidade Estratégica. Balanço Patrimonial Estratégico. Contabilidade Internacional Contingências Controladoria estratégica Controle dos estoques Controles Cora Coralina Corrupção Créditos de carbono Custos industriais DL 6976 DRE Dilma Dinossauros E-commerce EBITDA Ebooks Edelman Eficácia Emarketing Empresa de treinamentos Empresas feitas para vencer Estados Unidos Evitando contingências trabalhistas Excel Expedição FECOMERCIO FMCG Finanças Folha de São Paulo Forecast Fretes Gestão de Custos Gestão de pessoas Gestão interina Goobec Google Guru Haiti Hammer Headhunters INSS IPCA ISA ISO 9000 Indicadores de Desempenho Indicadores de produção Informação contábil Informática Injustiça Inovação Instituto Royal Integração Integridade Interino Itaú Jim Collins Jovens Juizes Kaplan Leader Liderados Liderança e Ética Lideres Links patrocianados Livro M&A Manuais de Procedimentos Melhores práticas em vendas Melhores práticas nos estoques Melhoria Contínua Melhoria con tínua Millennials NWC Negociação Norma Contábil Normas e Procedimentos Nutrição OGSAM Orçamento Orçamento doméstico P&L PEC 231/95 PIB PME Palestrante Ari Palestrante Professor Palestras Liderança Palestras Ética Pessoas Peter Drucker Plant Controller Polícia Praça Preço Procedimentos Professor Ari Profit Plan Promoção Propostas de vendas QI RKW ROI Rec. Humanos Recursos Rede Gospel Reestruturação Financeira Relatórios Financeiros Rendimento Representação de vendas Resultados Revista Veja Rui Barbosa SBU SWOT SWOT Analysis Sales Santander Saúde Saúde Completa Seminário Sergio Cabral Sistemas de Custeio Startups Supremo Tribunal Federal TIR TV a cabo Terceirização. Termos em inglês Teóricos Trabalho Trote Universitári Trânsito UFSCar UN USP Unibanco União Européia Valor Justo Vídeo Wal-Mart Y admissões agência de empregos antiética apostila apostila de controladoria. Controle aquecimento global arquivo PDF arrogância atitude aumentos avaliação de desempenho balanços big brother biotecnologia blog do Ari blogs carne catástrofe cliente clientes comercio virtual competência competências compliance conduct code consultores consumidor consumo convergência convergênia copa 2014 cost accounting cotação crimes crédito custos de serviços código de ética deputados desemprego devastação dinheiro e sexo diretor presidente eleições empresa empresas globais energia ethics evaluation excelência feed back ferramentas de gestão fiscalização fluxo de caixa fontes renováveis formação de líderes fraud geraldo alckmin geração Y gerenciamento gerente gestor gestores gestão de pessoas gestão financeira globalização greenbuilding harmonização high potential importação inclusão indicadores indicaçoes informação integrity investidores juizo juros liminar management manual contábil marketing social mediação medidas corretivas menor infrator mercado de trabalho modelos de gestão moral mpréstimo. comportamento multinacionais mídia negócio próprio net working capital normatização obrigações fiscais operações oportunismo organização os 4 p´s padaria padre padrões intenacionais painél de controle palestras custos peopledoors perdas perfis performance pesquisa plano contábil plano de negócio população postagens povo prestação de serviço previdência social produtividade; indicadores de desempenho projetos projeções proteção animal. ratocorp re-engenharia refoma contábil regra contábil rentabilidade responsabilidade responsabilidade civil responsabilidade social reuniões rodeios senadores sistemas integrados sites suporte supremo terremoto unidade de negócio variedades vegetarianismo vegetariano venda youtube