SIGAM ESTE BLOG

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Demonstrativos Contábeis Estratégicos - Parte 1


Acessem a primeira parte desta postagem - Demonstrativos Contábeis Estratégicos - Introdução

Indicadores não financeiros.

Como primeiro passo para transformar Demonstrativos Financeiros básicos em estratégicos. Devemos identificar indicadores de performance relacionados aos principais grupos de contas dos demonstrativos. Esses indicadores serão incluídos na mesma coluna onde se encontram os números, logo abaixo do valor apresentado.


Assim num Balanço Patrimonial tradicional a parte de Ativo apresentado só com as principais contas ficaria assim:




Passo 1- Inclusão de indicadores de performance no Demonstrativo Contábil

Como primeiro passo para transformar o Demonstrativo básico em demonstrativo estratégico vamos introduzir indicadores de desempenho, logo abaixo dos principais grupos de contas, conforme segue:



Notem que foram inseridos indicadores de desempenho dos três grupos que normalmente são os principais nos Balanços das Empresas. Deve-se avaliar a relevância dos demais itens e na medida que forem identificados itens com materialidade significativa, deve-se identificar, medir e destacar indicadores de performance dos mesmos. Para cada indicador de desempenho há critérios e ações para otimizá-los. Somente uma gestão estratégica com metas de médio e longo prazos, paralela a uma execução operacional eficaz é que assegura melhoria contínua.

Passo 2 - Inclusão de uma coluna com semáforos de performance.

Após criteriosa avaliação seguindo uma metodologia específica deve-se atribuir a cor do semáforo que irá figurar no balanço estratégico. Para cada item deverá ser aplicado um check list com uma serie de requisitos que irão determinar a classificação do indicador estratégico nas cores Verde, Amarelo e Vermelho.

No caso, o Balanço Estratégico após a inclusão dos semáforos ficará assim:



Não há necessidade de desenvolver softwares para Demonstrativos Contábeis Estratégicos. A utilização de uma Planilha é suficientes, mas se empresas quiserem desenvolver sistemas para isso devem procurar soluções simples e práticas que evitem dar muita complexidade à metodologia.

É recomendável que coloquem nas planilhas links nos semáforos, os quais deverão encaminhar para um submenu com os itens considerados que poderão ser detalhados ao clicar sobre eles.

Exemplo segue abaixo:





Cada semáforo ao ser clicado deve mostrar itens que determinaram a classificação na cor vermelha, amarela ou verde.

Com último passo da transformação do Balanço Patrimonial balanço básico  para um Balanço Patrimonial Estratégico colocaremos uma coluna com as tendências para próximos períodos. Essas tendências deverão estar suportadas por planos de ações que assegurem melhoria contínua e o atingimento das metas estratégicas.



O Balanço Estratégico em sua parte de ativos está pronto. Algo aparentemente simples, mas por trás dos indicadores, semáforos e tendências e necessário um bom detalhamento, e mais do que isso são necessárias metas estratégicas, execução eficaz no custo, médio e longo prazos.

Para a parte passiva e do DRE a filosófia é a mesma. Devemos identificar e incluir indicadores de desempenho, depois avaliar e incluir semáforos e por final avaliar e incluir a tendência.
Na próxima postagem mostrarei como construir um DRE Estratégico.

Observação: Esta é uma abordagem inédita a qual se quiserem utilizar ou se interessaram de alguma forma favor contatarem pelo email arilopes@folha.com.br



Cliquem abaixo - Continuação desta postagem
Demonstrativos Contábeis Estratégicos Parte 2



Veja também:







Nenhum comentário:

Postar um comentário

getsitecontrol

Loja Virtual de Moda Fitness

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...