SIGAM ESTE BLOG

terça-feira, 22 de abril de 2014

Funcionários que têm permissão para errar destroem os sistemas.


Durante varias décadas tenho me deparado com enormes problemas causados por funcionários que apresentam grande quantidade de erros.

Minha vida tem sido em significativa proporção combater, controlar, e se no caso de não conseguir que melhorem e se puder influenciar na decisão, demitir esse tipo de funcionário pelo bem e para a qualidade dos sistemas de informações.

É importante ressaltar que muitos erros não são exclusivamente culpa de funcionários ineficientes, mas também  são por sistemas medíocres, ou até por sistemas razoáveis ou bons, porém pessimamente operados.

A área de estoque é uma das principais vítimas de erros que implicam em problemas diversos, dentre eles a ocorrência de estoques negativos e erros outros nos estoques, que podem causar a venda do não existe fisicamente, ou fazer com que algo existente não seja vendido.

Na área de produção o fechamento de ordens com erros é algo que causa inúmeros problemas.

Erros ocorrem aos montes nas diversas áreas das empresas. A quantidade de erros e a preocupação dos diretores e gerentes variam, mas a experiência mostra que quanto menor a preocupação da direção da empresa com os problemas, maior as dificuldades da área financeira em obter acurácia dos dados que irão compor os números reportados pela empresa.

Não faltam justificativas dos que erram ou deixam de fazer o que é devido. Pior ainda é que em alguns casos a chefia concorda. Para essa gente costumo sugerir que vá ao banco e que peça quinhentos reais e fale para o caixa que vai mandar o cheque depois. A situação não muda muito para quem retira um material do almoxarifado e fica de mandar a requisição depois.


Um programa de melhoria contínua com follow up apertado sobre os principais problemas identificados é um dos principais elementos para a promoção da necessária melhoria. Não raro demissões, alterações nos processos, auditorias e consultorias são requeridos.

As empresas precisam desenvolver uma cultura onde o erro não seja aceito como algo comum, onde fazer certo na primeira vez não seja opção mas obrigação, caso contrário erros continuarão se multiplicando e destruindo os sistemas.

arilopes@folha.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loja Virtual de Moda Fitness

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...