SIGAM ESTE BLOG

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Brasil pode ser o primeiro país a realizar uma copa verde

Reforma dos estádios para a Copa 2014 é tema de palestra na 1ª GREENBUILDING BRASIL - CONFERÊNCIA INTERNACIONAL & EXPO

Nas reformas e construções dos estádios brasileiros para a Copa do Mundo de Futebol de 2014, surge uma grande oportunidade para o País: ser o primeiro no mundo a realizar uma COPA VERDE, implantando técnicas sustentáveis em suas construções. O assunto será tema na 1ª GREENBUILDING BRASIL - CONFERÊNCIA INTERNACIONAL & EXPO, evento sobre construção sustentável, realizado pela Reed Exhibitions Alcantara Machado e GBC Brasil, que acontece na próxima semana, entre os dias 1 e 3 de setembro, na cidade de São Paulo, no prédio da Fecomércio.

Na apresentação do case "Copa 2014 - A oportunidade Green Building" os participantes irão entender como o uso de padrões sustentáveis pode ajudar quem busca financiamentos junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), além de reduzir os impactos ambientais e garantir retorno financeiro a curto prazo, com menores custos de água e energia na edificação e gestão dos empreendimentos.

"O BNDES, no sentido de promover uma copa sustentável do ponto de vista econômico e ambiental, criou dois programas: um para financiamento da construção e reforma dos estádios e outro para incentivar o setor hoteleiro para ampliar a qualidade e capacidade de hospedagem, ambos exigem que as edificações sejam mais sustentáveis e considerem elevados padrões de desempenho ambiental, inclusive exigindo certificações, como o LEED, Procel e NBR 15.40", explica Anderson Benite, Diretor de Consultoria de Sustentabilidade do Centro de Tecnologia de Edificações (CTE) e responsável pela palestra que acontece no segundo dia do evento, às 9h45.

Alcançar o título de COPA VERDE está exclusivamente nas mãos do Brasil. Apesar das últimas Copas e Olimpíadas terem revelado estádios e centros de treinamento com tecnologias ambientais diferenciadas, principalmente os EUA, que já possui diversos estádios com certificação LEED (o principal selo da construção sustentável), a realização de uma COPA VERDE com todos os estádios e demais edificações verdes ainda não aconteceu.

"A 1ª GREENBUILDING BRASIL - CONFERÊNCIA INTERNACIONAL & EXPO está sendo realizada para impulsionar a construção sustentável no País. O crescimento é latente, e a COPA 2014 é uma oportunidade em vigor. Quem quer construir e investir para esse marco no Brasil vai encontrar na conferência o espaço ideal para entender como melhor aplicar e conseguir destaque no concorrido mercado da construção civil", explica Márcia Coimbra, Gerente da Unidade de Negócios de Congressos da Reed Exhibitions Alcantara Machado


Serviço
1ª Greenbuilding Brasil - Conferência Internacional & Expo
Quando: 1 a 3 de setembro
Local: Fecomercio
Endereço: Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - Bela Vista - São Paulo (SP)
Horário: Das 9 às 18 horas - dias 1 e 2 de setembro
                Das 8 às 16 horas - dia 3 de setembro

Mais informações: www.expogbcbrasil.org.br

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Líderes complicados

A humildade exprime uma das raras certezas de que estou certo: a de que ninguém é superior a ninguém. 
Paulo Freire




Quantas vezes vemos bons profissionais (enquanto executantes de tarefas e enquanto comandados), ao serem promovidos a funções de liderança acabaram tornando-se líderes complicados? Muitas dessas pessoas até que obtêm algum sucesso, pois costumam entregar resultados, no entanto, com o tempo acabam mostrando o seu lado real.


Líderes complicados existem um muitas organizações e podem apresentar algumas das características que destaco abaixo:


1- São os donos da verdade. Apesar se simularem a prática da democracia, na realidade eles dão sempre a última palavra.
2- Nunca formam sucessores e vão buscar no mercado a maioria de seus principais colaboradores.
3- São mais temidos do que respeitados.
4- Não hesitam em apresentar o trabalho da equipe como se fosse obra exclusiva sua.
5- Não se colocam no lugar do outro e são indiferentes a como os componentes de seu grupo estão se sentindo.
6- Não reconhecem méritos.  
7- Não incentivam a cooperação entre os membros da equipe.
8- São centralizadores e se preocupam em controlar tudo que os funcionários fazem.
9- Não dão feed back à equipe.
10- Não compartilham informações. Divulgam mais informações para pressionar os funcionários do que para informar.
11- Ao se tornarem líderes passam a se julgar superiores aos demais.
12- Nas reuniões não são questionados, pois seus colaboradores sabem que ele não gosta de ser contrariado.

Lógico que ninguém é perfeito, todos escorregam em uma ou outra ocasião, mas devemos estar atentos e conscientes de que a melhor forma de ser um bom líder é ouvindo, respeitando e contribuindo para os colaboradores crescerem. 

profariovaldo@hotmail.com







Loja Virtual de Moda Fitness

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...